Diabetes e apneia do sono

Entre as pessoas com diabetes, a prevalência de apneia do sono é muito elevada (até 58%).1 Da mesma forma, entre pacientes com apneia do sono, há uma alta prevalência de intolerância à glicose e de diabetes (em um estudo, 50% dos pacientes com apneia do sono do sexo masculino tinham intolerância à glicose e 30% deles tinham diabetes).2

A obesidade é um fator contribuinte comum tanto para a apneia sono quanto para a diabetes. No entanto, apesar da importância da obesidade em ambas as doenças, estudos mostram que a apneia do sono é um fator contribuinte adicional que está associado de forma independente à intolerância à glicose e à resistência à insulina.3,4 A resistência à insulina é um precursor da diabetes.

A CPAP melhora a sensibilidade à insulina e o controle glicêmico em pacientes com apneia do sono, especialmente para pacientes não obesos.5,6

Referências

Mais pesquisas

Leia sobre a pesquisa sobre acidentes de trânsito em relação ao sono e aos cuidados respiratórios.

O Dr. Peter Farrell, fundador e presidente da ResMed, identifica os principais resultados de ...