Escolhendo a máscara certa para você

Como posso encontrar a máscara mais adequada para o meu rosto e estilo de vida?

Assim como o rosto das pessoas, as máscaras têm diferentes formas e tamanhos.

A maioria das máscaras cai em uma das seguintes categorias:

  • Máscara nasal (cobre o nariz)
  • Máscara de almofadas nasais (apoia-se nas narinas)
  • Máscara oronasal (cobre a boca e o nariz)

Qual máscara é melhor para mim?

Pode levar algum tempo para descobrir qual máscara é melhor para você.

Essa decisão pode depender de como você respira no tratamento. Por exemplo, você respira pela boca e não pelo nariz ou tende a ficar com o nariz congestionado?

Se você souber que respirar pelo nariz usando uma máscara não é um problema, deve conseguir usar uma máscara nasal ou de almofadas nasais.

Se você respirar pela boca (forma conhecida como "respiração bucal"), pode experimentar a máscara oronasal ou uma correia para o queixo para impedir que a boca se abra durante o sono.

Como tratar a fuga pela boca

A fuga pela boca acontece se você dormir com a boca aberta, fazendo com que o ar "vaze" durante a terapia.

Abrir a boca durante o sono pode ser por força do hábito ou porque o nariz está congestionado. A fuga pela boca pode ser muito desconfortável e deixá-lo(a) com a boca seca. (Também produz muito ruído; se não acordá-lo, pode despertar quem dorme ao lado.)

Para evitar isso, caso ocorra com certa frequência, você pode usar uma correia para o queixo para manter a boca fechada ou um umidificador para impedir a congestão nasal.

Se a fuga pela boca ocorrer com muita frequência, poderá ser preciso usar uma máscara oronasal, que cobre tanto o nariz quanto a boca e, por isso, mesmo que você respire pela boca enquanto dorme, não haverá fuga.

Ajustando sua máscara

O objetivo de obter um bom ajuste da máscara é conseguir uma vedação estável (de modo que não haja fuga), sem comprometer o conforto.

Se houver fuga de ar pela máscara ou pela boca, você não vai usufruir de todos os benefícios da terapia.

A melhor maneira de obter uma boa vedação é ajustar a máscara antes de conectar o tubo ou de ligar o dispositivo terapêutico. Colocar a máscara com a pressão do ar ativa pode dobrar ou torcer a almofada, o que pode gerar fugas.

As dobras nas almofadas podem ser muito pequenas e difíceis de sentir, e a maioria das pessoas tende a reagir apertando a máscara em demasia para obter uma boa vedação, o que pode se tornar muito desconfortável. O aperto excessivo da máscara também pode acarretar fugas e, portanto, deve ser evitado.

Depois de posicionar a máscara corretamente sobre o rosto, ative o fluxo de ar. Pode ser preciso fazer pequenos ajustes com o dispositivo ligado para garantir que a vedação ainda está boa.

É normal passar algum tempo no início ajustando a máscara corretamente. Você pode usar um espelho ou pedir a alguém para verificar se a almofada está posicionada corretamente.

O ajuste incorreto acarreta muitos dos problemas que as pessoas têm com máscaras. Cada tipo de máscara tem uma sequência de ajuste específica, portanto, é melhor seguir as etapas descritas no seu manual do usuário ou nos vídeos.

Quanto mais você puder se acostumar com a máscara, melhor. Pratique colocá-la, retirá-la e desprendê-la do tubo durante o dia, para se sentir confiante para fazer isso durante a noite, no escuro ou quando estiver com sono!

É importante perceber que não é esperado que você saiba colocar a máscara perfeitamente da primeira vez. O ajuste perfeito leva algum tempo e, à medida que for se acostumando com a máscara, você vai encontrar sua melhor forma de ajuste.

E lembre-se: se estiver com dificuldades de ajustar a máscara, o seu profissional de saúde poderá ajudá-lo a amenizar os problemas.

Também entre em contato com ele(a), se estiver com dificuldades de obter uma boa vedação; você pode estar com a máscara errada ou o tamanho errado.

Obtendo o tamanho de máscara correto

Seu objetivo é obter um ajuste de máscara ideal e cômodo – nem muito frouxo nem muito apertado.

Será difícil obter uma boa vedação e um ajuste confortável se o tamanho da máscara estiver errado.

Se estiver com problemas com a sua máscara, consulte o Manual do Usuário para se certificar de que está fazendo o ajuste corretamente. Além disso, verifique se há dobras.

Muitas pessoas experimentam mais de um tamanho. Portanto, se a máscara ainda estiver apresentando fuga (especialmente em torno da ponte nasal, no caso de uma máscara nasal ou oronasal), pode ser útil experimentar um tamanho de máscara diferente.

Não suponha que, se for homem precisará de um tamanho grande ou se for mulher precisará de um pequeno. O tamanho da máscara depende de medidas específicas do seu rosto.

Veja como ter certeza de que o tamanho da máscara está certo.

A máscara está produzindo ruídos estranhos?

Se a máscara estiver produzindo sons ruidosos que parecem gases expelidos, é provável que haja uma fuga. As máscaras de melhor ajuste podem ainda apresentar pequenas fugas, porém, no geral, a fuga deve ser mínima em qualquer outro ponto que não seja o respiradouro. Você pode gerenciar pequenas fugas aprimorando sua técnica de ajuste. Verifique se está ajustando a máscara corretamente

Ajustando sua máscara.

A máscara está deixando marcas no seu rosto?

Se você costuma acordar com vermelhidão ou marcas na pele depois de usar a máscara durante toda a noite, tente ajustá-la para obter uma boa vedação com menos pressão sobre o rosto.

Se isso não funcionar, aqui estão algumas dicas que você pode tentar:

  • Verifique se o tamanho da máscara está certo.
  • Algumas máscaras disponibilizam envoltórios macios para as correias do arnês e atuam como uma defesa adicional contra as marcas faciais.
  • Adicione uma camada acolchoada entre a almofada e a sua pele, com os protetores nasais Gecko.
  • Se você estiver usando uma máscara nasal (que cobre o nariz) ou de almofadas nasais (que se apoia na entrada das narinas), alterne o uso de uma e outra. Isso pode aliviar a pressão sobre partes diferentes do rosto.

Consulte o manual do usuário para obter dicas que podem ajudá-lo(a) a resolver problemas associados a marcas faciais. Se você já tentou de tudo e ainda está com marcas vermelhas no rosto, contate o profissional de saúde ou o fornecedor do equipamento.

Quando a máscara sofre desgastes

É importante limpar a máscara de acordo com as orientações do Manual do Usuário, para obter o máximo desempenho do equipamento e, em última análise, da terapia.

Algumas pessoas tendem a querer manter os produtos antigos, em vez de experimentar outros mais novos.

Se for o seu caso, você pode estar perdendo melhorias e soluções significativas para os desafios que enfrenta no tratamento. Na ResMed, estamos empenhados em melhorar continuamente os produtos que fabricamos e equipá-los com recursos para mantê-lo tratado e confortável.

Saiba quando e como limpar e substituir a sua máscara.

Gerenciando o 'arraste do tubo'

O 'arraste do tubo' ocorre quando o tubo exerce pressão sobre a máscara e afeta a vedação, provocando fugas.

Se não perceber o que está ocorrendo, você poderá ficar apertando a máscara pelos motivos errados e provocando mais fugas.

Muitas máscaras são projetadas para aceitar um certo nível de arraste do tubo. Com o dispositivo ligado, puxe delicadamente o tubo para sentir o que é o arraste do tubo.

Vire-se um pouco na cama para ver se o tubo permite espaço de movimento suficiente e qual o comprimento de tubo necessário. A maioria das máscaras dispõe de tubos mais longos em caso de necessidade.

 

Mais sobre primeiros passos

Descubra como o uso de um umidificador pode impactar positivamente o conforto e a experiência da ...