Soluções de ventilação não invasiva produzidas pela ResMed
Ventilação não invasiva (VNI)
Profissionais de saúde > Diagnóstico e tratamento > Ventilação > Ventilação não invasiva (VNI)

Ventilação não invasiva (VNI)

alt

A ventilação não invasiva (VNI) apoia a respiração do paciente sem a necessidade de intubação ou traqueostomia. A VNI administra uma terapia eficaz com menor risco de infecção e melhorou a sobrevida em pacientes com insuficiência respiratória.1-3

A ventilação não invasiva apoia o paciente das seguintes formas:

  • administrando as pressões inspiratória e expiratória ou os volumes correntes certos(as) para atender à demanda ventilatória individual
  • melhorando a ventilação minuto alveolar2
  • recrutando os alvéolos colapsados

Os benefícios da ventilação não invasiva

Quando possível, a ventilação não invasiva vem ganhando aceitação em todo o mundo como a opção de tratamento preferencial3 em relação à ventilação invasiva. Indicada para pacientes no hospital ou na residência, a ventilação não invasiva:

Torna as atividades cotidianas mais fáceis. Uma terapia VNI eficaz pode ajudar os pacientes a usarem mais a capacidade dos pulmões. Isso, por sua vez, diminui o trabalho de respiração,2 tornando mais fáceis as atividades rotineiras.

Ajuda a aliviar uma série de sintomas Dores de cabeça matinais, fadiga diurna e falta de ar são apenas alguns dos sintomas diurnos que podem ocorrer como consequência de níveis baixos de oxigênio ou acúmulo de dióxido de carbono. Ao ajudar a normalizar os níveis de CO2 e O2 no corpo, a terapia de ventilação não invasiva ajuda a aliviar os sintomas ao longo do tempo para melhorar a qualidade de vida do paciente.1

Pode reduzir o tempo de internação hospitalar e evitar a piora da enfermidade. Os pacientes tratados com terapia de ventilação não invasiva tendem a passar menos tempo internados. 1 Ao garantir uma ventilação adequada, os pacientes de VNI podem ser capazes de evitar a insuficiência respiratória. Geralmente prescrita para tratamento domiciliar, a terapia de VNI é conveniente e eficaz.

Doenças tratadas com ventilação não invasiva

O seu paciente pode ter dificuldade de respirar e precisar da ajuda de um ventilador para respirar em decorrência de uma patologia principal, como:

  1. Doença pulmonar obstrutiva crônica (DPOC), com enfisema e/ou bronquite
  2. Pneumonia
  3. Lesão pulmonar aguda
  4. Síndrome do desconforto respiratório agudo
  5. Asma
  6. Síndrome da hipoventilação por obesidade (SHO)
  7. Doenças neuromusculares (DNM)
  8. Distúrbios da parede torácica
  9. Deficiência respiratória devido a uma lesão na medula espinhal

Você também pode ler mais sobre ventilação para pacientes pediátricos.

Produtos para ventilação não invasiva

A ResMed oferece uma série de produtos para VNI de uso hospitalar ou residencial.

Produtos para ventilação invasiva

Além dos produtos para VNI, a ResMed oferece diversos produtos para ventilação invasiva de uso hospitalar ou residencial.

Referências

  1. Robert D, Argaud L. Clinical review: long-term noninvasive ventilation. Crit Care. 2007
  2. International Consensus Conferences in Intensive Care Medicine: noninvasive positive pressure ventilation in acute Respiratory failure. Am J Respir Crit Care Med. 2001 Organizadas conjuntamente pela Sociedade Torácica Americana (ATS), a Sociedade Respiratória Europeia (ERS), a Sociedade Europeia de Medicina Intensiva (ESICM) e a Sociedade de Reanimação de Língua Francesa (SRLF), e aprovadas pelo Conselho de Administração da ATS, dezembro de 2000
  3. Duke, G.J. Bersten, AD. Non-Invasive Ventilation for Adult Acute Respiratory Failure. Part II Critical Care and Resuscitation. 1999