DRS e diabetes tipo 2

A apneia do sono é comum entre pacientes com diabetes tipo 2.1 Ela está associada, de forma independente, à resistência à insulina, intolerância à glicose e síndrome metabólica,2-4e quando não tratada, pode levar a resultados globais ruins para o tratamento.

Apesar da grande quantidade de pacientes com diabetes tipo 2 e DRS, a DRS costuma não ser diagnosticada.

Faça a triagem dos seus pacientes para diabetes tipo 2 e DRS

Como resultado da pesquisa acumulada, a Federação Internacional de Diabetes reconhece a associação entre a diabetes tipo 2 e a apneia do sono, e recomenda efetuar triagem de rotina para diabetes tipo 2 com pacientes de AOS, e efetuar triagem para AOS com pacientes de diabetes tipo 2 que apresentem sintomas de apneia do sono.

E como os pacientes com apneia do sono e os pacientes com diabetes compartilham comorbidades semelhantes, é recomendável efetuar triagem em ambos os sentidos: verifique a presença de apneia do sono em pacientes com diabetes e verifique a presença de diabetes em pacientes com apneia do sono.5

Utilize estes recursos úteis de sono e diagnóstico para fazer uma triagem dos seus pacientes para DRS.

Referências

  • 01

    Einhorn et al. Endocr Pract. 2007

  • 02

    Aronsohn et al. Am J Respir Crit Care Med. 2010

  • 03

    Punjabi et al. Am J Respir Crit Care Med. 2002

  • 04

    Coughlin et al. Eur Heart J. 2004

  • 05

    Federação Internacional de Diabetes. A declaração de consenso da IDF (Federação Internacional de Diabetes) sobre apneia do sono e diabetes tipo 2. Bruxelas, Bélgica: Federação Internacional de Diabetes; 2008

Mais sobre comorbidades