ResMed toma novas medidas para defender patentes

Nova investigação da ITC iniciada contra a BMC e a 3B por violação de patentes sobre dispositivos e máscaras

SAN DIEGO, 22 de julho de 2013 – A ResMed (NYSE: RMD), uma empresa inovadora e pioneira no desenvolvimento de produtos para o tratamento de distúrbios respiratórios do sono e problemas respiratórios, entrou com uma nova ação judicial na Comissão de Comércio Internacional (ITC) e uma denúncia modificada no tribunal federal dos EUA para parar a violação de patentes da ResMed.

O processo foi movido contra a fabricante chinesa de dispositivos médicos BMC Medical Co., Ltd. (BMC) e sua subsidiária de vendas nos EUA, a 3B Products, LLC, (3B), por violação de patentes pelos seguintes produtos:

·         Os dispositivos RESmart CPAP e RESmart Auto CPAP

·         A interface de almofadas nasais Willow e a máscara nasal iVolve.

A ResMed está solicitando que a ITC pare a importação e venda desses produtos nos Estados Unidos. A ResMed também emendou um processo em andamento no tribunal federal dos EUA para defender patentes adicionais que a BMC e a 3B estão violando.  A ResMed está solicitando ao tribunal para parar a violação e atribuir indenizações contra a BMC e a 3B. 

"A ResMed consolidou sua liderança de mercado investindo em tecnologia superior para o tratamento de distúrbios respiratórios do sono", afirmou David Pendarvis, consultor jurídico global e diretor administrativo (CAO) da ResMed.  "A tecnologia proprietária em nossas máscaras e nossos geradores de fluxo os torna confortáveis e fáceis de usar, e nossas ferramentas de gestão de dados e relatórios levam ao envolvimento do paciente de um modo mais rápido e tranquilo. Vamos continuar a defender nossa tecnologia proprietária, defendendo nossas patentes contra aqueles que copiam ilegalmente nossos produtos."