O que é DPOC?

A doença pulmonar obstrutiva crônica (DPOC) é uma doença pulmonar de longo prazo e progressiva que envolve inflamação e espessamento das vias aéreas.1 Ao longo do tempo, as vias aéreas se tornam cada vez mais obstruídas, tornando difícil respirar.

Já que a inspiração e expiração se tornam mais restritas, menos oxigênio consegue entrar na corrente sanguínea para chegar ao restante das células do corpo. Assim, menos dióxido de carbono consegue ser exalado, ficando no corpo como uma toxina.

Não há cura para DPOC. Mas tratamentos estão disponíveis, incluindo medicamentos, terapia de oxigênio e ventilação não invasiva para ajudar as pessoas a viverem por mais tempo e melhorarem sua qualidade de vida.

A DPOC consiste de duas doenças crônicas:

1.      Bronquite crônica, que causa inflamação das vias aéreas, e tosse persistente com muco; e

2.      Enfisema, que é causado por dano ao tecido pulmonar, resultando na falta de ar.

Causas da DPOC

Cerca de 80% a 90% dos casos de DPOC são causados por tabagismo (tanto o uso ativo como o passivo).1 Na verdade, cerca de 25% dos fumantes crônicos são diagnosticados com DPOC.2

Outros fatores de risco incluem frequentes infecções respiratórias na infância, exposição à poluição do ar e exposição ocupacional à poeira e a produtos químicos.3

O quanto a DPOC é comum?

Estima-se que 65 milhões de pessoas mundialmente vivem com a DPOC,4 incluindo cerca de 24 milhões de americanos.5 Porém, os médicos acreditam que somente metade deles foi diagnosticada.6

A DPOC é a terceira causa principal de morte, tanto globalmente7 como nos Estados Unidos.8 Ao longo da próxima década, projeta-se que as mortes por DPOC aumentarão em mais de 30%.4

Sintomas da DPOC

A DPOC geralmente leva anos para se desenvolver. O primeiro sintoma pode ser falta de ar (causada pelo estreitamento da via aérea da pessoa) ou uma tosse sibilante crônica (tentativa da pessoa de limpar o excesso de muco que o organismo produz quando sua via aérea se estreita). Porém, os sintomas da DPOC muitas vezes não aparecem até que seus pulmões estejam significativamente danificados,9 portanto é importante discutir seu risco com o médico, na esperança de diagnosticar e tratar da doença mais cedo.

As pessoas que estão mais em risco:10

  • São fumantes de longo prazo (ou seja, de cigarros, charutos, cachimbos, maconha)
  • Foram expostas a grandes quantidades de fumo passivo
  • Foram expostas a gases químicos, vapores e poeira (especialmente os trabalhadores de construção)
  • Têm 35 anos de idade ou mais

Possuem deficiência de alfa-1 antitripsina, uma doença genética rara e muitas vezes não detectada, por vezes recebem o diagnóstico errado de asma11

Um problema social

As pessoas com DPOC estão em risco de sérias infecções torácicas e podem precisar de frequentes internações para tratamento. De fato, 20% dos pacientes hospitalizados com exacerbações de DPOC são reinternados dentro de 30 dias.12 Cada exacerbação coloca uma tremenda carga sobre os pacientes e suas famílias.

Os hospitais, os planos de saúde, os provedores de cuidados e os pacientes estão à procura de melhores soluções para os cuidados e controle de longo prazo da DPOC.13

O custo anual total da DPOC nos Estados Unidos é de $49,9 bilhões,14 e 50% a 75% desses custos são devido às exacerbações.15

O que você pode fazer

Parar de fumar é um primeiro passo fundamental para os fumantes diagnosticados com DPOC, enquanto que a terapia medicamentosa e a reabilitação pulmonar são também componentes importantes para o tratamento. Viver uma vida saudável no geral pode ajudar a evitar exacerbações que causam visitas ao hospital. A terapia com oxigênio ou a ventilação não invasiva são também úteis para alguns pacientes com DPOC. Pergunte ao seu médico se a terapia com oxigênio ou a ventilação não invasiva são boas para você.

Veja o cenário maior da DPOC

\

Referência

  • 01

    Canadian Lung Association. Chronic obstructive pulmonary disease (COPD). Edited by Canadian Thoracic Society’s COPD Clinical Assembly, 2014. https://www.lung.ca/copd (accessed October 7, 2015). Read reference

  • 02

    Mayo Clinic. COPD: Causes. 2015. http://www.mayoclinic.org/diseases-conditions/copd/basics/causes/con-20032017 (accessed October 7, 2015). Read reference

  • 03

    World Health Organization. Chronic obstructive pulmonary disease (COPD): Fact sheet N°315. 2015. http://www.who.int/mediacentre/factsheets/fs315/en/ (accessed October 7, 2015). Read reference

  • 04

    World Health Organization. Chronic respiratory diseases: Burden of COPD. www.who.int/respiratory/copd/burden/en/ (accessed August 10, 2015). Read reference

  • 05

    Centers for Disease Control and Prevention. Chronic Obstructive Pulmonary Disease Surveillance – United States, 1971-2000. Morbidity and Mortality Weekly Report. August 2, 2002; 51(SS06):1-16.

  • 06

    Zamosky L. “COPD: Exploring the value of care.” Modern Medicine Network 2013 Apr 10. http://medicaleconomics.modernmedicine.com/medical-economics/RC/tags/business-health/copd-exploring-value-care (accessed August 10, 2015). Read reference

  • 07

    World Health Organization. The top 10 causes of death: Fact sheet: N°310 (2012 statistics). 2014. http://www.who.int/mediacentre/factsheets/fs310/en/ (accessed October 7, 2015). Read reference

  • 08

    Centers for Disease Control and Prevention. Leading causes of death (2013 statistics). 2015. http://www.cdc.gov/nchs/fastats/leading-causes-of-death.htm (accessed October 7, 2015). Read reference

  • 09

    Mayo Clinic. COPD: Symptoms. 2015. http://www.mayoclinic.org/diseases-conditions/copd/basics/symptoms/con-20032017 (accessed October 7, 2015). Read reference

  • 10

    Mayo Clinic. COPD: Risk factors. 2015. http://www.mayoclinic.org/diseases-conditions/copd/basics/risk-factors/con-20032017 (accessed October 7, 2015). Read reference

  • 11

    Genetics Home Reference. Alpha-1 antitrypsin deficiency. Reviewed 2013; published 2015. http://ghr.nlm.nih.gov/condition/alpha-1-antitrypsin-deficiency (accessed October 8, 2015). Read reference

  • 12

    Mannino DM and Thomashow B. Reducing COPD readmissions: Great promise but big problems. Chest 2015;147(5):1199–1201.

  • 13

    Feemster LC and Au DH. Penalizing hospitals for chronic obstructive pulmonary disease readmissions. Am J Respir Crit Care Med 2014;189(6):634–9.

  • 14

    Global Initiative for Chronic Obstructive Lung Disease. Global strategy for the diagnosis, management, and prevention of chronic obstructive pulmonary disease. www.goldcopd.org/uploads/users/files/GOLD_Report_2015_Apr2.pdf (accessed October 20, 2015). Read reference

  • 15

    Guarascio AJ et al. The clinical and economic burden of chronic obstructive pulmonary disease in the USA. Clinicoecon Outcomes Res 2013;5:235–45.

Mais DPOC