Diagnóstico e tratamento da DPOC

Como a DPOC é diagnosticada?

Seu médico diagnosticará a DPOC com base nos seus sintomas e histórico médico.1 O teste principal para diagnosticar a DPOC é um teste da função pulmonar chamado espirometria. O médico pedirá a você para soprar dentro de um tubo e o teste medirá o volume e pressão do ar que você expira. Você pode também precisar fazer uma radiografia ou tomografia para detectar enfisema, descartar outros problemas pulmonares ou insuficiência cardíaca, determinar se você pode se beneficiar de uma cirurgia e para testar se há câncer do pulmão.

Se os seus sintomas forem mais graves, você pode precisar fazer exame de sangue para analisar a quantidade de oxigênio e dióxido de carbono na corrente sanguínea.

Como a DPOC é tratada?

Embora não haja cura para a DPOC no momento, existem tratamentos disponíveis.

Os tratamentos recomendados podem incluir:

  1. Parar de fumar. Se você fuma, esse é o primeiro passo para desacelerar a progressão da doença.2
  2. Medicamentos. Podem ajudá-lo a controlar os sintomas e a reduzir a frequência e gravidade das exacerbações.2 Alguns pacientes também se beneficiam da terapia com oxigênio.
  3. Exercício e instrução. Um programa que combina exercícios e instrução sobre a DPOC também ajudará você a controlar sua DPOC.3
  4. Mudanças nutricionais. Para algumas pessoas com DPOC, ajustar a relação gordura/carboidratos na dieta pode ajudá-las a respirar com maior facilidade.4

Além disso, é crítico para os pacientes com DPOC se protegerem contra infecções que podem afetar seu sistema respiratório já enfraquecido. Para isso, recomenda-se que você lave as mãos regularmente e que vista uma máscara de ar em aviões ou em áreas densamente populosas, para evitar respirar germes aerotransportados e outros patógenos potencialmente nocivos.

A ventilação não invasiva pode ajudar?

Porque a DPOC afeta sua capacidade de respirar corretamente, ela leva a dois problemas principais:

  1. Impede que oxigênio suficiente chegue à corrente sanguínea
  2. Não permite que dióxido de carbono suficiente seja exalado do organismo

A terapia com oxigênio pode abordar o 1.º problema (os baixos níveis de oxigênio), mas não reduz os altos níveis de dióxido de carbono (conhecido como hipercapnia).

A terapia com ventilação não invasiva (ar ambiente com pressão fornecido em seus pulmões por meio de máscara e máquina) pode ajudar a reduzir os níveis de dióxido de carbono se você tiver hipercapnia, tudo isso no conforto e conveniência de sua própria residência.

VNI em casa mostrou:

  • Melhorar a mortalidade em pacientes com DPOC em 76%;5
  • Reduzir a recorrência da insuficiência respiratória hipercápnica aguda após um evento inicial em até dois terços nos primeiros 30 dias após o evento;6 e
  • Acarreta uma melhor qualidade de vida.7,8

Dependendo da gravidade e do tipo de sintomas, como falta de ar ou dores de cabeça pela manhã, seu médico pode prescrever VNI.

Envolve o fornecimento de ar ambiente pressurizado aos seus pulmões por meio de um ventilador e máscara.

A ResMed fornece ventiladores não invasivos que podem ser adequados para pessoas com hipercapnia. Saiba mais sobre os ventiladores leves da ResMed que podem ajudar os pacientes com DPOC a respirarem com maior eficiência.5

Referências

  • 01

    How is COPD diagnosed? National Heart, Lung and Blood Institute. How is COPD diagnosed? http://www.nhlbi.nih.gov/health/health-topics/topics/copd/diagnosis (accessed October 20, 2015). Read reference

  • 02

    Global Initiative for Chronic Obstructive Lung Disease. Global strategy for the diagnosis, management, and prevention of chronic obstructive pulmonary disease. www.goldcopd.org/uploads/users/files/GOLD_Report_2015_Apr2.pdf (accessed October 20, 2015). Read reference

  • 03

    COPD Foundation. What is pulmonary rehabilitation? http://www.copdfoundation.org/Learn‐More/Pulmonary‐Rehabilitation/What‐is‐Pulmonary‐Rehabilitation.aspx (accessed October 20, 2015). Read reference

  • 04

    American Lung Association. Lung Health & Diseases: Nutrition. http://www.lung.org/lung-health-and-diseases/lung-disease-lookup/copd/living-with-copd/nutrition.html (accessed November 3, 2015). Read reference

  • 05

    Köhnlein T et al. Non‐invasive positive pressure ventilation for the treatment of severe, stable chronic obstructive pulmonary disease: a prospective, multicentre, randomised, controlled clinical trial. Lancet Resp Med 2014;2(9):698–705.

  • 06

    Cheung AP et al. A pilot trial of non-invasive home ventilation after acidotic respiratory failure in chronic obstructive pulmonary disease. Int J Tuberc Lung Dis 2010;14(5):642–9.

  • 07

    Tsolaki V et al. One-year non-invasive ventilation in chronic hypercapnic COPD: Effect on quality of life. Respir Med 2008;102(6):904–11.

  • 08

    Duiverman ML et al. Two-year home-based nocturnal noninvasive ventilation added to rehabilitation in chronic obstructive pulmonary disease patients: A randomized controlled trial. Respir Res 2011;12(112).

Mais DPOC