Tratamento da insuficiência respiratória em pacientes pediátricos

As crianças podem ter distúrbios respiratórios do sono (DRS), dificuldade respiratória ou insuficiência respiratória se tiverem:

  • Obstrução das vias aéreas superiores (causada por hipertrofia da adenoide e das amígdalas, palato alto arqueado, laringomalacia e micrognatia)1
  • Obstrução ou restrição das vias aéreas inferiores (causada por bronquiectasia ou escoliose)1
  • Tônus muscular fraco (frequentemente associado a problemas congênitos, incluindo atrofias musculares e distrofias) e/ou1
  • Mau funcionamento do cérebro e/ou do sistema nervoso central (causado por síndrome de hipoventilação central congênita ou lesão na medula espinhal)

Se crianças jovens contraírem uma doença respiratória infecciosa, elas também correm o risco de ter episódios agudos de transtorno respiratório ou insuficiência respiratória, e podem precisar de terapia de suporte respiratório durante esse tempo.

Os tratamentos para DRSs pediátricos, transtornos respiratórios e insuficiência respiratória variam de cirurgia a ventilação não invasiva (VNI) e ventilação invasiva.

Referências

  • 01

    Cheifetz IM. Invasive and noninvasive pediatric mechanical ventilation. Respir Care. 2003 Apr; 48(4):442-58

Mais sobre ventilação para pacientes pediátricos