Considerações especiais para pacientes pediátricos

Detectar o volume corrente e/ou o esforço respiratório de uma criança requer algoritmos e tecnologias sensíveis. A ResMed projetou dispositivos de suporte respiratório que oferecem uma sensibilidade de disparo inspiratório avançada, melhorando assim a sincronia e o suporte respiratório para a criança.

  • Os ventiladores da ResMed oferecem sensibilidades de disparo ajustáveis, permitindo que os médicos escolham uma sensibilidade alta ou muito alta para facilitar o disparo.
  • O tubo ClimateLineMAX se conecta perfeitamente à parte de trás de qualquer dispositivo ResMed S9, eliminando a inconveniência de uma conexão de tubo separada para a máscara e permitindo que o oxigênio se misture completamente com o ar aquecido e umidificado.
  • A série de ventiladores Stellar permite que o oxigênio seja conectado diretamente ao ventilador, reduzindo a probabilidade de disparos comprometidos.

Para que se obtenha uma ventilação minuto e/ou sincronia com o paciente adequada, algumas crianças necessitam de uma frequência respiratória elevada.

  • Os dispositivos Stellar oferecem uma frequência respiratória de apoio ajustável de até 60 rpm. A frequência do VPAP ST e do VPAP ST-A pode ser definida até 50 rpm.
  • As séries S9 VPAP ST-A e Stellar também oferecem o modo de Controle Assistido por Pressão (PAC), permitindo que os médicos definam tanto uma frequência de apoio quanto um tempo inspiratório fixo.

Fugas não intencionais são inevitáveis, especialmente com pacientes pediátricos que se movem com frequência ou que ainda não entendem a necessidade de manter a máscara.

  • Os ventiladores da ResMed permitem aos médicos definir um Ti Máx "curto" para pacientes pediátricos, assegurando que cada inspiração termine e retorne à expiração, mesmo na presença de uma fuga grande.

A VNI pode ser utilizada para tratar várias patologias respiratórias

  • O S9 VPAP  ST-A e o Stellar são aprovados para pacientes pediátricos e uso hospitalar ou domiciliar.
  • As séries S9 VPAP ST-A e Stellar oferecem um menu abrangente de opções de alarme, além de oximetria integrada, o que as tornam ideais para uso pediátrico de VNI.
  • Além disso, os dois dispositivos binível permitem o uso de oxigênio na terapia. O S9 VPAP ST-A tem uma purga máxima de 15 l/min. Já o Stellar pode fornecer até 30 l/min de oxigênio diretamente ao dispositivo e também oferece uma opção de monitoramento de FiO2 adequada para uso hospitalar.

Para pacientes pediátricos, é importante garantir que o dispositivo binível tenha os alarmes apropriados.

  • A maioria dos ventiladores da ResMed inclui alarmes, como os de falta de energia ou falha do dispositivo.
  • O S9 VPAP ST-A e o Stellar oferecem um menu abrangente de opções de alarme, incluindo um alarme de apneia.

Projetado com seus pacientes pediátricos em mente.

  • Os ventiladores Stellar permitem que os médicos usem o modo PAC, o que garante uma frequência respiratória e um tempo inspiratório especificados.
  • Como alternativa, os dispositivos Stellar e VPAP permitem que os clínicos definam o Ti Mín, que garante um tempo inspiratório mínimo nos modos S e ST.

O médico pode prescrever um oxímetro para os pacientes pediátricos.

  • Os ventiladores Stellar e os dispositivos VPAP oferecem um oxímetro integrado com alarmes. O oxímetro integrado melhora a eficiência do cuidador.

É importante que as famílias de crianças em VNI participem de atividades normais e excursões que promovam a formação de vínculos e a qualidade de vida.

  • Os ventiladores Stellar estão equipados com uma bateria interna para proporcionar maior mobilidade.
  • As baterias facilitam a continuidade da terapia para o paciente pediátrico.
  • Além disso, muitos ventiladores da ResMed podem acomodar o ResMed Power Station II (RPS II), que pode fornecer de 8 a 16 horas de energia adicional (dependendo do uso de uma ou duas baterias). (Por exemplo, a bateria tem uma vida útil de oito horas se usada em modo PAC com ajustes de pressão de EPAP a 5 cmH2O, IPAP a 15 cmH2O e 20 rpm – duas baterias podem ser conectadas simultaneamente).

Mais sobre ventilação para pacientes pediátricos