O que é RCS?

Se um paciente tiver insuficiência cardíaca, são grandes as chances de que tenha também Respiração de Cheyne-Stokes (RCS), igualmente conhecida como "respiração periódica."

A apneia central do sono (ACS)-RCS é caracterizada por apneias centrais recorrentes que se alternam com períodos de padrões respiratórios crescentes e decrescentes.

A RCS noturna está associada ao aumento da mortalidade2 em pacientes com insuficiência cardíaca e também é um fator de risco independente para o transplante cardíaco.3

A RCS costuma acelerar a progressão da insuficiência cardíaca, causando:

  • Hipóxia repetitiva
  • Aumento da pós-carga
  • Aumento da atividade simpática3
  • Oscilações da frequência cardíaca e da pressão arterial.

Pacientes com insuficiência cardíaca e RCS podem relatar dispneia paroxística noturna e sonolência diurna excessiva, e geralmente apresentam baixas pressões de CO2 arterial (PaCO2). A fragmentação do sono resultante da RCS também reduz a qualidade de vida, causando fadiga e sonolência diurna.

Por isso, é importante detectar e tratar a RCS para minimizar esses efeitos nos pacientes.

Mais sobre RCS