Por que não consigo dormir bem?

A maioria das pessoas tem problema para dormir em algum momento de suas vidas. Estresse, cafeína em demasia e inclusive alguns tipos de alimentos podem impedi-lo de dormir bem. Às vezes, contudo, a causa é mais grave e, se o problema continua, a pessoa deveria ir a um médico, que é quem poderá determinar se o paciente sofre de algum distúrbio do sono. Há muitos tipos de distúrbios do sono. O mais comum é a Síndrome da Apnéia Obstrutiva do Sono (AOS).

 

O que é a Síndrome da Apnéia Obstrutiva do Sono? (SAOS)

Normalmente, quando se dorme, os músculos que controlam a língua e o palato mole mantêm as vias aéreas abertas. Se esses músculos relaxam, as vias aéreas se estreitam, causando os roncos e dificuldades na respiração. Se esses músculos relaxam demais, as vias aéreas ficam completamente obstruídas, impedindo a respiração. É a isso que se denomina Apnéia Obstrutiva do Sono.

Depois de um período de tempo, entre dez segundos e dois minutos, o cérebro percebe que falta oxigênio e avisa ao corpo para que acorde. Apesar da pessoa que padece deste distúrbio muitas vezes não se dar conta, este ciclo pode acontecer várias centenas de vezes durante a noite, interrompendo seriamente o sono.

 

Normalmente, enquanto se dorme, os músculos que controlam a língua e o palato mole mantêm as vias aéreas abertas.

Respiração Normal

 

 

Se esses músculos relaxam, as vias aéreas se estreitam, provocando roncos e dificuldades para respirar.

Ronco

 

 

Se esses músculos relaxam demais, as vias aéreas podem ficar completamente bloqueadas impedindo a respiração. Esta condição é chamada de apnéia obstrutiva do sono.

Apnéia Obstrutiva

 

 

Como se pode saber se alguém sofre de SAOS?

É fácil saber se alguém sofre de SAOS. Se escutar a pessoa enquanto dorme, ouvirá roncos seguidos de um período de silêncio. Em seguida, pode ocorrer um sopro forte ou uma respiração ofegante e a pessoa volta a respirar novamente.

Faça esta prova

Quais são os sintomas da Síndrome da Apnéia Obstrutiva do Sono?

Sonolência excessiva durante o dia

Muitas pessoas com SAOS sentem-se cansadas durante o dia. Pode ocorrer que durmam no trabalho, quando dirigem um automóvel, quando estão conversando, quando lêem ou quando assistem televisão.

Roncos fortes

A maioria das pessoas com SAOS têm ronco forte. Os roncos são freqüentemente interrompidos por silêncio e seguidos de uma respiração ofegante.

Irritabilidade

Devido à falta de sono e ao estresse de tentar continuar vivendo uma vida normal, as pessoas com SAOS ficam, freqüentemente, muito irritáveis.

Entre as outras conseqüências mais graves associadas à SAOS estão depressão, hipertensão, doenças graves do coração, problemas sexuais, perda de memória, deterioração intelectual e dores de cabeça pela manhã.

 

Quem sofre de SAOS?

Apesar de muitas pessoas não terem ouvido falar de AOS, ela é uma condição comum que afeta 10% da população. Pode afetar pessoas de qualquer idade, desde recém-nascidos até adultos de ambos os sexos.

 

Como se trata a SAOS?

O tratamento mais comum é a Pressão de Ar Positiva e Contínua nasal (CPAP). A CPAP não é um medicamento nem uma cirurgia, mas permite um tratamento com eficácia imediata. Atualmente é recomendado pela maioria dos médicos no mundo todo e já está dando alívio a milhares pessoas que sofrem de SAOS.

 

Um bom sono todas as noites

Os sistemas da ResMed são silenciosos, cômodos e fáceis de usar. Também são completamente portáteis e muito confiáveis, de modo que se pode ter segurança de que dormirá bem todas as noites.


Creio que tenho SAOS, o que devo fazer?

Se você tem algum dos sintomas de SAOS, solicite a seu médico que lhe encaminhe a uma clínica ou hospital de tratamento de distúrbios do sonho. Do mesmo modo, se seu(sua) companheiro(a) apresenta sinais de SAOS, aconselhe-o(a) a ir ao médico.

Em uma clínica ou hospital serão realizadas os exames correspondentes para ver se o paciente tem AOS.

 

Para obter mais informações, entre em contato com a ResMed.

©2000-2013 ResMed. Todos os direitos reservados.